Asas

Ela sonhava em ter asas

E entre as nuvens se aventurar


Olhava para o céu admirada

Imaginando como seria voar


Sentia que algo lhe faltava

E lá em cima poderia encontrar

Como seria desafiar o vento

E naquele azul infinito mergulhar?


Viajava tanto em seus pensamentos

Esperando pelo dia de voar

Que mal se dava conta

Quanta coisa estava deixando de aproveitar


Decidiu mudar o foco

Colocar sua energia em outro lugar

Descobriu novos amores

E que, na verdade, nunca precisou de asas para voar


Edvânia Voitzszn


#poema #poemaautornacional #asas #poemaasas


Poema publicado pela editora Tenha Livros na Antologia Poética Edição Especial.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mar

Porque